Bematech Software Partners

 
  • ago 25 2008

    Sobre Ética e Concorrência

    Prezado Parceiro,

     Recebemos muitos emails sobre o tema acima, observando que há muita discussão sobre o assunto. Neste post vamos tratar a respeito da Bematech comercializar software, colocando nossa posição sobre o tema. Os dois principais assuntos comentados no mercado dizem respeito à ética e concorrência.

    No aspecto ético quero lembrar que este é um dos valores da Bematech, e que a ética aliada à transparência é justamente o que a Bematech tem feito desde que anunciou que iria entregar soluções completas ao mercado, adquirindo empresas de software. Este planejamento foi amplamente anunciado nos meios de comunicação, e postaram nos fóruns várias destas notícias, indicando que realmente estamos fazendo o que dissemos que íamos fazer, e isto é transparência.

     Você considera ético: enviar emails anônimos? A empresa A falar mal da empresa B? Solicitar a alguém que não faça algo porque você não quer? Enquanto muitos pensam assim, outros do mesmo segmento trabalham na sua estratégia de mercado e crescem…

     Vocês sabem que nós sempre atuamos de maneira ética, de forma a que todos os envolvidos ganhem dinheiro trabalhando conosco, aliás esse é outro valor da Bematech – Dinamismo com Lucro,  nunca entrando em guerra de preços ou políticas que possam corroer os lucros e portanto tornar o mercado ruim para todos e ninguém ganhar nada. Nossa política comercial sempre respeitou o parceiro e suas margens de lucro, e se alguma revenda pratica algo fora da política pode ser punida. Valor é algo que não se muda, e ao apresentar uma solução completa nós estamos contribuindo para tornar o varejo mais eficiente.

     Os Aplicativos Comerciais da Bematech não interagem apenas com os ECFs da Bematech, interagem também com ECFs de outros fabricantes, e isto pelo simples fato de que o Cliente Final é quem define o que comprar, simples assim. Se o cliente está satisfeito com uma marca de ECF ele não vai trocar, e isso também acontece com o software, se ele está satisfeito não irá trocar. O mercado é grande e há espaço para todos, o que está ocorrendo é que da mesma forma que houve uma diminuição dos fabricantes de ECF, isto está ocorrendo também no mercado de software.

     Muitos citam o movimento estratégico da Bematech como concorrência. É claro que a concorrência sempre existiu para todos. E é muito bom, desde que seja séria e com ética, pois com a concorrência você é sempre cobrado em melhorar para poder oferecer um produto cada vez melhor. É o caso da indústria automobilística brasileira, que era arcaica e cara. Com a abertura do mercado veio a concorrência e este mercado se aperfeiçoou. O fato é que muitos ficam numa região de conforto, enquanto seu produto vai ficando ultrapassado, isto é natural no ser humano. A concorrência nesta situação significa sair do comodismo, se reinventar, buscar alternativas e ser criativo, algo que todos vocês são, caso contrário não estariam na posição que estão. Quando a Bematech reinventa seu programa de parcerias e o fortalece mesmo adquirindo software houses, significa que estamos criando novas oportunidades para todos crescerem num mercado em transformação, ou seja, você não está sozinho, não é um cada um por si. E reconhecemos como parceiro todos que estão no mercado, desde aquele que só trabalha com Bematech até aquele que trabalha com diversas marcas.

     O mercado de software sempre foi muito pulverizado, sendo que a estatísticas citam em torno de 8.000 empresas, sendo mais de 90% de pequeno porte. Há um claro movimento de consolidação deste mercado, basta prestar atenção nos noticiários, que citam fusões e aquisições entre empresas de software, entre outros. Portanto, é um movimento claro do mercado de Automação Comercial Brasileiro e não uma ação da Bematech isoladamente. Isto significa que o mercado que nós conhecemos hoje sofrerá muitas modificações no médio prazo.

     E muitos que hoje criticam esta estratégia logo estarão se preparando para implementá-la e muitos que entendem a Bematech como concorrente estarão desejosos de aprofundar a parceria. Como a Bematech é inovadora vai na frente, e por isto recebe críticas hoje, mas certamente todos que compreenderem este contexto crescerão juntos em futuro próximo. O fato é que cada empresa é livre para determinar os rumos que toma e não cabe a ninguém julgar, pois nestes casos o tempo é o melhor juiz e os resultados obtidos dirão quem está certo.

     Por falar em resultados, a Bematech sempre divulgou seus resultados ao mercado, muito antes de ser uma empresa de capital aberto. Entre no site de relação com investidores da Bematech e lá você verá como estamos caminhando. Alguém mais faz o mesmo? A Bematech vive 100% de Automação Comercial e investe muito para isto. As demais empresas do setor não vivem somente da Automação Comercial, e para estes é apenas mais um setor a explorar enquanto possam auferir lucros rápidos, como muitos já fizeram.

     Acreditamos neste direcionamento e estamos implementando-o conforme anunciado ao mercado ao mesmo tempo em que estamos criando novas oportunidades a nossos parceiros. Se você entrar no link HTTP://www.bematech.com.br/software e clicar no logotipo do BSP verá que divulgamos nossos produtos e os produtos dos parceiros, e isto demonstra nossa postura e nossa parceria. Indicamos o produto do parceiro através do link acima e do BVT NACIONAL e REGIONAL, porque vocês também nos indicam, e esta é uma forma de reconhecimento.

     Convido a conhecer o programa BSP em profundidade participando ativamente e entendendo as diversas possibilidades de parceria disponíveis. Continue trabalhando conosco, há muito para fazermos juntos, e principalmente ganhos na parceria com a Bematech.

     E sinta-se à vontade para contatar-nos, sua Automação Comercial é muito importante.

    Tags:

     

1 Comentário

  • 29 de agosto de 2008 às 10:09

    Comment by Willis Martins

    Concordo com a posição da Bematech.
    Achar que nossas frustrações são decorrentes da concorrência não é ético, nem internamente em respeito aos colaboradores e acionistas, como também externamente ao mercado e demais envolvidos.
    Temos mesmo que trabalhar com melhorias contínuas, o mercado de automação como o de TI em geral é muito rápido e diversificado, o que é bom para um consumidor pode não ser bom para outro, e o que hoje é viável pode não ser mais amanhã.
    A concorrência é apenas um dos N fatores que devem ser levados em conta para a continuidade dos negócios, vamos trabalhar!.

Deixe um comentário